Henry Mintzberg liderança oculta

A Liderança oculta por Henry Mintzberg

O primeiro pensador a cunhar o termo Liderança Oculta foi Henry Mintzberg que escreveu sobre isso no artigo 1998 da Harvard Business Review: “Liderança oculta: Notas sobre o gerenciamento de Profissionais”.

Porque liderança oculta?

 Liderança oculta é um termo criado para descrever como os líderes modernos podem liderar sem parecer estar liderando.

Na liderança oculta, os líderes não buscam o controle absoluto sobre os outros; em vez disso, por meio de diversas ações discretas, eles inspiram as pessoas para executar e usar seus talentos.

Mintzberg compara líderes com um regente de uma orquestra sinfônica. Liderança oculta significa gerir com um sentido de nuances, restrições e limitações.

Liderando como um Regente de Orquestra Sinfônica

Mintzberg atribui isso ao então diretor da Orquestra Sinfônica de Winnipeg, Bramwell Tovey, e a descreve como “... ações comedidas que infundem todas as outras coisas que um gerente faz.” (Em oposição às ações de liderança tradicionais como motivação e coaching). É particularmente eficaz para o gerenciamento de profissionais.

Estas linhas são escritas porque no mundo profissional, um líder não é completamente impotente. Mas, por outro lado, ele também não tem controle absoluto sobre as outras pessoas e sobre todas as coisas.

Quando se gerencia como um Regente de orquestra sinfônica, o gestor orienta uma organização, e lidera a equipe que sem parecer que o está fazendo, sem que as pessoas estejam plenamente conscientes de tudo o que ele está fazendo.

Como o trabalho intelectual cresce em relevância, quando o líder atua como um Regente de orquestra neste ambiente, as coisas realmente funcionam e podem servir como um bom modelo para o Gerenciamento de uma ampla gama de empresas.

Por outro lado, não apenas o líder, mas todas as pessoas precisam a aprender a trabalhar em equipe como numa orquestra, onde cada um sabe de sua responsabilidade para o sucesso do time.

Como os demais profissionais, os músicos não precisam ser “empoderados” eles já estão seguros do que sabem e do que podem fazer, mas, eles precisam ser inspirados com a energia necessária para fazer as tarefas que tem à mão.

Este é o papel do líder oculto: Agir calmamente e de forma discreta, a fim de não exigir obediência, mas exigir o desempenho inspirado de alta qualidade.

Felizmente para nós, da Peritia Econômica, as premissas de Mintzberg são compatíveis com a nossa forma de pensar. Seu artigo intitulado: “Os trabalhadores do conhecimento responder à inspiração, não à supervisão.” … E “mais inspiração, e menos supervisão” é objetivamente o que precisamos.

Esperamos que o blog Peritia Econômica inspire nossos leitores a definir o seu próprio sucesso!

6 Comentários


  1. Hi there! Someone in my Myspace group shared this site with us so I came to give it a appear. Im definitely loving the details. Im bookmarking and will likely be tweeting this to my followers! Outstanding blog and great style and style. fecdfgeeeeee

    Responder

  2. with people like one to grant visibly all of that numerous populaces would am inflicted with sold for electronic ebook to create selected jumps in favor of their unique terminate, mainly right away egddgabegcbbdedk

    Responder

  3. I feel that is among the so much significant information for me. And i’m glad studying your article. However should observation on few general issues, The website taste is ideal, the articles is in point of fact excellent D. Just right activity, cheers ceeabbaebkde

    Responder

  4. Aw, this was a very nice post. In thought I want to put in writing like this moreover taking time and actual effort to make an excellent article but what can I say I procrastinate alot and not at all seem to get something done. cgeefedefgaaacce

    Responder

  5. Thank you for some other informative website. Where else may I get that type of info written in such an ideal way? I’ve a mission that I’m just now operating on, and I’ve been on the look out for such information. ffbdeebdddda

    Responder

  6. Very interesting subject , appreciate it for posting . All human beings should try to learn before they die what they are running from, and to, and why. by James Thurber. feabebeddgeeeedc

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *