Franquias vantagens e desvantagens

Vantagens e Desvantagens da Franchising

Comprar uma franquia pode ser uma forma rápida de começar o seu negócio próprio sem partir do zero. Mas há também certa quantidade de obstáculos neste caminho.

 Vantagens das Franquias

 a) Franquia: Negócio testado com sucesso

Seu negócio estará fundamentado em uma ideia comprovada na prática. Você pode checar quão bem sucedido estão sendo outras franquias do mesmo negócio antes assumir qualquer compromisso.

b) Franquias dão acesso ao uso de uma marca forte e consolidada no mercado

Sistemas de distribuição através de franquias geralmente têm uma imagem superior em relação a outras formas de distribuição no mercado, especialmente se existe uma uniformidade quanto à apresentação de varejo, metodologia de marketing, compliance operacional, etc.

Por meio das franquias você tem acesso ao uso de um nome e uma marca de sucesso no mercado.

Você também se beneficia de qualquer tipo de publicidade ou promoção da parte do proprietário da franquia: O franqueador.

c) Franquia fornece suporte técnico e consultoria organizacional permanente incluído no custo do negócio.

O franqueador lhe dá apoio, usualmente incluindo treinamento. Ajudando-o a configurar o seu negócio, fornecendo-lhe manuais, informando-lhe como gerenciar o negócio e dando consultoria e aconselhamento de forma contínua.

d) Franquia e a mentalidade de dono

Como diz o ditado popular: “o olho do dono é que engorda o gado”, os Americanos tem uma expressão semelhante: “O melhor adubo para o cultivo de uma empresa é o pé do proprietário firmemente plantado no local”.

O franqueado terá uma atitude de ser proprietário de uma empresa e é mais provável para se dedicar tempo, atenção e capital para o crescimento dos negócios, seguindo o sistema aprovado e não se afastando de desafios de negócios ocasionais.

e) Exclusividade Territorial da franquia

Usualmente você terá direitos exclusivos sobre a atuação em seu território. O franqueador não vai instalar outras franquias no mesmo espaço vital de sua atuação para evitar a canibalização da marca.

f) Franquias: Construção de valor para a marca

Fundamental para o sucesso de varejo em um esquema de distribuição é a presença de uma forte identificação da marca, abrangendo tanto os produtos oferecidos e as empresas de varejo operado.

O modelo de Franquia em si promove o aumento de barreiras a novos entrantes no mercado por conceitos competitivos.

g) Mídia Cooperada na franquia– Acesso espaço de comunicação que você não conseguiria sozinho

Sistemas de franquia normalmen te incluem modelos onde franqueados são obrigados a participar de um fundo de marketing, com apoio para ações de marketing de varejo, propagandas, promoções e relações públicas.

Esta capacidade de reunir verbas publicitárias produz vantagens competitivas evidentes, incluindo aumento dos obstáculos à entrada de concorrentes potenciais, ganhos de escala e market share.

h) Franquias facilita a captação de financiamentos para o negócio (DEBT)

Captação de dinheiro para financiar o negócio poderá ser facilitada. Bancos tendem a serem mais propensos a emprestar dinheiro a uma franquia com uma boa reputação no mercado.

i) Franquias: Participação numa rede de empreendedores 

A participação em uma Rede pode lhe beneficiar pela comunicação e partilha de ideias e apoio de outros franqueados da rede.

Uma vez que os participantes fazem parte de uma rede de negócios, os franqueados são mais propensos a participar em iniciativas para a expansão e bom funcionamento de todo o empreendimento, por vezes, produzir novas ideias, bem como alertar o franqueador não operacional a problemas criados por outros franqueados no sistema.

j) Franquias forneem uma estrutura de fornecedores de qualidade

O Relacionamento com os fornecedores já está bem estruturado. Isto será importante para você aquirir insumos, produtos, serviços e bens fundamentais ao bom andamento de seu negócio.

Desvantagens das Franquias

a) Franquias tem custos Iniciais e despesas legais mais elevadas

Os custos iniciais com a burocracia para montar uma franquia poderiam ser maiores do que o planejado. Gastos legais pela necessidade de preparar e analisar os acordos e a circular de oferta de franquias e documentos relacionados são um pouco maiores que num negócio convencional.

b) Franquias: Ausência de Restrições ao Marketing de venda da Franquia

Peças publicitárias oferecendo a franquia deveriam ser pré-analisados por entidade de autorregulação do mercado.

Informações relativas a possíveis resultados financeiros só deveriam ser apresentados em um documento formal anexada à Circular de oferta de Franquia.

c) Franquias: Restrições do Modelo – Pouco espaço para mudanças.

O contrato de franquia pode conter restrições sobre como o franqueado poderá executar o negócio (Afinal o modelo de negócio é patenteado e padronizado). Você pode não ser autorizado a fazer alterações para se adequar ao mercado local.

d) Franquias promovem seleção rigorosa para encontrar franqueados qualificados.

Para evitar que franqueados criem problema e gerem má reputação para a marca, o processo de recrutamento da maioria das boas marcas tende a ser aprofundado e bastante rigoroso.

Mesmo que você esteja “nadando no dinheiro” poderá não ser escolhido como franqueado se não possuir os requisitos necessários.

Os desafios vitais para as franquias no longo prazo é encontrar e educar (e não apenas a formação) bons franqueados.

O perfil do franqueado ideal combina energia empreendedora com a vontade de seguir sistemas e agir como um “jogador de equipe.”.

Testes psicológicos e de um processo de entrevista e treinamento detalhado são ferramentas que muitos franqueadores utilizam para selecionar as pessoas certas.

e) Franquias: Dificuldade para a Venda do negócio

Por conta do processo de seleção mais rigoroso, você pode ter dificuldades se desejar vender sua franquia e só pode vendê-lo para alguém aprovado pelo franqueador.

Desta forma uma boa pesquisa para encontrar a franquia que melhor se adapte ao seu perfil de empreendedor é essencial no momento de escolher sua franquia. Por favor, procure mais detalhes em http://www.peritiaeconomica.com.br/franchise

f) Franquia: Pagamento de Royaties

Uma parte dos os lucros é geralmente compartilhada com o franqueador.

Apesar de encontrarmos isto na literatura como uma desvantagem, nada mais justo o pagamento do Royalty, afinal o franqueado está pegando carona num modelo de negócio de sucesso.

f) Franquias: Questões do controle de qualidade

Poderá existir problemas de controle de qualidade em produtos ou serviços relacionados. Por isto é importante seguir as dicas que indicamos no artigo Franquia Plano de negócios sustentáveis http://www.peritiaeconomica.com.br/franchise para encontrar uma franquia de qualidade.

g) Franquias: Os Problema de Relacionamento gerencial – Democratização da Gestão

Ao contrário dos revendedores, os franqueados tipicamente se vêem como parceiros com o franqueador no desenvolvimento e possível sucesso do sistema.

Enquanto a maioria vai concordar que a gestão do comitê que é preciso haver “um capitão de navio,” um Franqueador sábio irá trabalhar com seus franqueados, provavelmente com a ajuda de um conselho consultivo de franquia, a traçar orientações estratégicas, a implementação de planos de marketing, etc.

A participação na gestão e o ouvir são fundamentais para uma boa relação, no entanto, apesar desta questão aparecer na literatura como uma desvantagem, acreditamos que a força da franquia está na disciplina em implantar no modelo de gestão altamente padronizado que já foi testado e tem sucesso.  Afinal “Cachorro que tem muito dono morre de fome”.

h) Necessidade de o Franqueador entregar continuamente Percepção de valor.

Os Franqueados, particularmente se eles estão sendo convidados a pagar royalties ou contribuições para o fundo de marketing ao longo de um contrato de longo prazo) pode ser esperado, depois de algum tempo, a sensação de que eles sabem tanto quanto sobre a execução do negócio (ao menos no nível de varejo) como o Franqueador e vão questionar o que os seus pagamentos contínuos estão comprando (“o que você Franqueador tem feito por nós ultimamente?”)

Franqueadores sábios antecipam esta questão através da construção de valor na marca, atualizando sistemas e fornecendo continuados benefícios operacionais e de marketing que dão ao franqueado uma posição superior vis a vis, à competição, tornando a sua saída do sistema, obviamente, uma decisão ruim.

i) Franquias: Problemas com a exclusividade do Território

Caso o projeto da franquia não seja bem planejado, os “territórios exclusivos” podem criar problemas jurídicos quando um franqueador procura expandir através de canais alternativos de distribuição (Internet, Redes sociais, por correspondência, etc.).

Por meio de canais alternativos um franqueado poderá invadir a área de outro gerando conflitos.

j) Franquias: Crescimento não gerenciado ou mal gerenciado.

Alguns modelos os franqueados são financiado principalmente por franqueadores.

O problema acontece quando o potencial de expansão do franqueado é muito rápida e suas necessidades dos franqueados superam a capacidades do franqueador de fornecer o suporte para sustentar esta expansão.

Conclusões finais

Nada é perfeito, mas, colocando os prós e os contras numa balança, o modelo de Franquias, mesmo com custo operacional pouco maior que o negócio próprio, tem muitas vantagens, é de fato um grau superior para o gerenciamento do seu negócio.

A prova cabal é que comprovadamente os indicadores de mortalidade (falência) de franquias é infinitamente inferior a de negócios próprios conforme atestam os números do Sebrae e da ABF-Associação Brasileira de Franquias.

Para mais sobre Finanças, Economia e gestão por favor visite nosso site http://www.peritiaeconomica.com.br.

Bibliografia

Holmes, David: The Advantages and Disadvantages of Franching 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *