Ceteris Paribus

O que é Ceteris Paribus?

Ceteris Paribus é um termo da língua latina que significa “todas as demais coisas permanecem iguais”.

O termo indica que todas as demais variáveis que possam influenciar o problema em estudo serão mantidas constantes;

Ceteris Paribus é uma restrição introduzida em um argumento ou afirmação para permitir que uma variável ou mais variáveis possam mudar, mantendo as demais variáveis constantes, tais como, “Se reduzirmos os nossos preços por cento X, Ceteris Paribus, a nossa receita de vendas deve subir por Y por cento.”

Um exemplo interessante do uso do Ceteris Paribus em Economia é sobre a lei da oferta e da demanda.

Ceteris Paribus, (ou seja, se tudo o mais permanecendo igual ou constante) um aumento nas quantidades demandas irá consequentemente provocar um aumento no preço do produto ou do serviço.

Em lógica formal, uma previsão, ou uma declaração sobre causalidade ou conexões lógicas entre dois estados de coisas, é qualificado com Ceteris Paribus, a fim de reconhecer, e para descartar a possibilidade de outros fatores possam substituir a relação entre o antecedente e o consequente.

Uma das disciplinas em que cláusulas Ceteris Paribus são mais utilizadas é a Economia, em que elas são essenciais para simplificar a formulação de previsões e fazer sob a lei da oferta e da procura.

As chamadas cláusulas Ceteris Paribus são também importantes na filosofia, particularmente na ética, psicologia moral e gestão, onde muitas vezes são utilizadas na análise da relação entre estados mentais e comportamento.

O laboratório da economia é a realidade econômica e social do pais e há de concordar que não temos como fazer laboratório da realidade.

Assim, o conceito de Ceteris Paribus é fundamental em Economia, porque no mundo real geralmente é difícil isolar todas as diferentes variáveis.

Exemplo de Ceteris Paribus em Economia.

Um aumento nas taxas de juros fará com que a demanda “Ceteris Paribus” por empréstimos caia. As taxas de juros mais altas aumentam o custo dos empréstimos de modo que haverá menos demanda por empréstimos.

No entanto, se a confiança dos consumidores de crédito for alta, as pessoas podem ainda querer mais empréstimos. Ceteris Paribus, assume coisas como confiança permanecem iguais.

Para mais informações sobre Economia, gestão e Finanças, por favor visite nosso site Peritia Econômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *